Nasceu-nos um menino

Pormenor do Presépio, fresco de Paris Bordone (1549), na igreja de São Simão de Vallada, Canale d’Agordo, Itália. Gabriffaldi - stock.adobe.com.

A Palavra de Deus Um menino nasceu para nós,um filho nos foi dado.Tem a soberania sobre os seus ombrose o seu nome é: “Conselheiro-Admirável,Deus forte, Pai-Eterno, Príncipe da paz”. O …

Ler mais

Jesus, Pão da Vida

A Ceia de Emaús, Caravaggio, 1601, óleo sobre tela. Atualmente na National Gallery, Londres. Commons Wikimedia. Detalhes sobre a pintura em https://youtu.be/1KcdgFxmnb4

Santo António não comenta inteiramente o discurso de Jesus sobre o pão da vida, mas faz algumas referências em dois sermões que contêm dois preciosos ensinamentos: este pão é o Corpo de Cristo que nos é servido na Igreja; e representa a vontade do Senhor, que fortalece o coração do homem.

Bendita és tu entre as mulheres

A Visitação de Maria a Santa Isabel, Painel de azulejos no átrio da Igreja de Santo António dos Olivais, em Coimbra. Foto: Arquivo MSA.

A saudação de Isabel retoma a do Anjo e acrescenta algo mais. A mãe é abençoada, mas também o Filho que para Isabel é “o Senhor” e para Maria, “o Salvador”.

A estrela do Oriente

Virgem do Bom Ar, uma obra-prima do início do século XVII, assinada pelo pintor português Vasco Pereira Lusitano, Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), Lisboa, 30 de julho de 2020. Proveniente de uma coleção particular, a obra, uma das mais importantes do pintor português radicado em Sevilha no final do século XVI, junta-se ao seu acervo, num depósito por cinco anos, e pode ser vista até 13 de dezembro. LUSA.

Portanto, assim como a estrela trouxe a Jerusalém os Magos desde o Oriente, também a divina graça atrai os pecadores ao estado da penitência desde a vaidade do mundo, a fim de que procurem o Rei nascido, procurando O encontrem e encontrando O adorem.

Bem aventurado o ventre que trouxe

Imaculada Conceição, fresco no tecto do presbitério da Igreja de Santo António dos Olivais, em Coimbra. Foto MSA 2012.

Bem-aventurado o ventre da gloriosa Virgem, da qual escreve S. Agostinho no livro De Natura et Gratia: “Quando se trata de pecados, excetuo a Santíssima Virgem”, da qual, por honra do Senhor, não quero absolutamente se faça questão alguma.

O fio de prumo dos santos

Painel na Basílica da Santíssima Trindade, Fátima. Foto MSA 2011.

A Palavra de Deus Naquele tempo, ao ver as multidões, Jesus subiu ao monte e sentou-se.Rodearam-no os discípulos e Ele começou ensiná-los, dizendo:“Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é …

Ler mais

%d blogueiros gostam disto: