Os símbolos do Natal

Coordenação Secundino Correia e Manuela Andrade

Este Especial foi feito com crianças de ontem e de hoje para, em conjunto, espreitarmos o sentido do Natal.
Quais são os símbolos do Natal e para onde nos projetam?
Syn + bolon = unir + lançar (atirar, projetar)

Desenhos da Bia

O que é um símbolo

A palavra símbolo vem do latim symbolum, que significa marca, símbolo.

O latim era a língua que os romanos falavam e escreviam. Quando os Romanos contruíram o seu império dominando grande parte da Europa, toda a gente começou a falar latim, como agora toda a gente começou a falar inglês e daqui a uma décadas ou séculos, quem sabe, mandarim?

Então, símbolo vem do latim symbolum, que por sua vez vem do grego synbolon palavra composta de syn + bolon. Bolon, do verbo ballein significa atirar, lançar, projetar. É esta, rambém, a raiz da palavra bala e balística. Dai que símbolo signifique juntar dois elementos aparentemente separados em que um remete para o outro.

O símbolo aparece, em primeiro lugar, no âmbito da religião, ligado aos ritos e aos mitos, enquanto linguagem do sagrado.

O símbolo mostra e, ao mesmo tempo, esconde um sentido mais profundo. Grandes filósofos e linguistas escreveram livros inteiros sobre o significado dos símbolos e sua interpretação.

Embora o símbolo esteja sempre associado a uma palavra ou expressão, símbolo e palavra não são a mesma coisa. A palavra é escrita ou dita de formas muito diferentes nas diversas línguas e remete para um significado convencional. Por exemplo estrela, stella, star, stern, étoile têm sonoridade e grafia diferentes conforme o idioma, mas referem-se sempre ao astro celeste ou à sua representação como objeto ou desenho. Já o símbolo ‘estrela’ é universal e lança-nos para um sentido profundamente cultural juntando duas realidades que só o símbolo sabe unir.

Por exemplo a estrela de Natal remete para os reis magos que guiados pela estrela encontram o Deus menino e nesse caminhar descobrem um sentido para a sua própria vida. Interessante que o símbolo ‘estrela’ se aplica, hoje também, aos ídolos da música e do futebol, por exemplo.

A ‘estrela’ ilumina e indica o caminho na noite guiando-nos para um ideal de vida, mas para tal a estrela tem que arder, ou seja passar pelo fogo das dificuldades, do sacrifício e da persistência para atingir o estrelato. A estrela do Natal e a estrela da fama têm pontos em comum, mas também pontos muito distanciados.

Quais são então os símbolos do Natal?

Conversa via Zoom com crianças amigas do Mensageiro de Santo António.
Conversa via Zoom com crianças amigas do Mensageiro de Santo António.

O Menino; a estrela e a vela; o pinheiro ou abeto; os pastores; os anjos; os presentes; o sino, o galo e o canto; o bolo rei… e o presépio que liga e condensa todos estes símbolos.

Apresentamos, de seguida, alguns dos símbolos do Natal tendo por base um livro feito, em 1987, por alunos do 3º ano de escolaridade. Na altura não havia Internet e os textos escritos numa máquina de escrever pelos próprios alunos na escola tiveram por base pesquisas feitas por eles na biblioteca da escola e em casa.

Como o seu professor lhes dizia naquele tempo “não acreditem em tudo o que eu vos digo e nem tudo o que está escrito é verdade. Pesquisem e confirmem”. Agora que vocês têm livros e Internet podem fazer as vossas próprias pesquisas tentando juntar o que aparentemente está desligado, mas na realidade cria sentido e nos ajuda a compreender quem somos e o que é que tem valor e dá sentido à vida.

Enviem os vosso textos ilustrados sobre os símbolos do Natal para:
assinantes@santoantonio.live

Além dos textos de 1987, houve um encontro com crianças e pré adolescentes, filhos e filhas de pais e mães amigos do Mensageiro de Santo António. Alguns dos desenhos apresentados foram feitos por eles. O nosso bem haja a todos, sem esquecer o André e a Bia, o Ricardo e a Inês, a Maria Luís e a Matilde, a Rosarinho e a Maria Ana, a Sofia e a Joana.

Quem sabe voltaremos a encontrar-nos para outros Diálogos com António, pois a opinião das crianças também conta e todos juntos podemos desenhar um mundo mais fraterno, como Jesus nos ensinou e Santo António fez. Entretanto seguir-se-ão outros artigos sobre cada um dos símbolos e ainda uma fantástica receita de bolo rei, da avó Nela.

Foto da capa: O Natal é um tempo de festa cheio de Alegria e de Luz. Desenho de Maria Ana Costa Alemão

%d blogueiros gostam disto: