JMJ 2023: Quero ser como Tu!

De entre os muitos sonhos que se encetam na vida, a vivência projetada de uma Jornada Mundial da Juventude é com certeza um deles.
O mais bonito dessa maravilha de antecipar um encontro com jovens de todo o mundo e com Cristo nessa melodia única de silêncio e música é o caminho que se vai edificando, ao teu ritmo. E nesse caminho, quase de forma imperceptível, o mundo vai-te dizendo: quero ser como tu!

Os jovens querem conquistar o mundo. Cristo conquista os seus corações. O mundo quase sempre, muitas vezes, quer pouco dos jovens. Cristo quer ser do mundo e assim ser jovem como os jovens, querer o mundo como os jovens.

Cristo quer ser, a caminho da JMJ Lisboa 2023, um sinal de juventude em caminho, em movimento, em rota com o céu que se olha, firmando os pés na estrada que se percorre. E tu estás a caminho. E tu vais dizendo a Cristo: quero ser como Tu!

Ser sinal de Cristo, com a vida, com a tua juventude, é assumir em todo o lado que já não és tu quem vive, mas antes Cristo que vive em ti. Então a tua vida roda sobre ti próprio, fundamenta-se no mais fundo que há em ti e tu tornas-te sinal.

Então recebes os símbolos da JMJ, a Cruz Peregrina e o Ícone Salus Populi Romani e a tua felicidade é anunciar, é ser símbolo, é ser o próprio Cristo nas tuas palavras, nas tuas ações, nas tuas coisas todas.

E então olhas Maria, ali na tua frente, com o Menino nos braços e, no meio desse momento de verdadeira oração, Maria vai-te dizendo: quero ser como tu!

E quando dás por ti, quando damos por nós, estamos nas ruas, nas praças, nas casas das pessoas e nas pessoas que não têm casa. Nos pobres, nos velhos, nas crianças e nos que ninguém quer. E quando damos por nós os dias passam e tu não queres voltar a casa, queres viver sempre assim a caminho, indo ao encontro, proporcionando encontro, de terra em terra, neste Alentejo que é tanto, neste país que é mundo.

E todos querem ver os Símbolos dessa JMJ que se faz caminhando e tu estás no caminho com eles e por eles. E quando dás por ti já são tantos a caminho. E depois, no final daquele dia, depois de tantos jovens, vem um que ninguém tinha visto, acerca-se da Cruz, toca-lhe e tu ouves dizer baixinho: quero ser como Tu!

A Arquidiocese de Évora é de uma beleza estonteante e nessa paisagem de uma escala e tantos povos, o povo de Deus continua a caminho, tirando da pobreza da terra a riqueza tremenda da vida, todos os dias, todas as vidas. Um dia, dois dias, os Símbolos passaram e ficaram tanto nos corações de novos e velhos, em todos os lugares. Um dia, Jesus encontrou-te nesta passagem, olhou para ti, reconhecendo-te desde o ventre de tua mãe e enquanto te via caminhar, foi-te dizendo sem tu ouvires: quero ser como tu!

Lisboa 2023 é uma oração em caminho, é uma vela reluzente na noite do mundo em expectativa, é a oportunidade de tantos, de todos os mundos, ouvirem a voz de Deus, o seu chamamento, o seu convite, a simbologia itinerante do seu amor infinito. Sabes que estás a caminho quando já não olhas para trás e tudo em teu redor é festa de vida plena. Vais chegar, depois deste caminho teu, colocar os joelhos no chão, abrir os olhos e dizer a Cristo, a Maria, a todos e ao mundo: sou como Tu!

JMJ 2023 – Fase II: Implementação

Presidente da Fundação JMJ Lisboa 2023, o Bispo Auxiliar de Lisboa D. Américo Aguiar
Presidente da Fundação JMJ Lisboa 2023, o Bispo Auxiliar de Lisboa D. Américo Aguiar

Desde o dia 27 de janeiro de 2019, quando foi conhecida a escolha da cidade de Lisboa pelo Papa Francisco para a realização da próxima Jornada Mundial da Juventude, que centenas de voluntários participam na preparação da JMJ Lisboa 2023. O Comité Organizador Local (COL), nas suas várias direções, tem trabalhado presencialmente e em milhares de horas em reuniões por videoconferência no planeamento, na constituição e alargamento de equipas, na conceção e produção de materiais e na planificação do encontro de jovens de todo o mundo com o Papa.

2022 é o ano da implementação. Uma nova fase, que sucede ao planeamento e que foi apresentada às equipas de trabalho no dia 12 de fevereiro, numa reunião alargada com todos os voluntários.

“A fase da implementação é uma fase em que tudo o que andámos a sonhar, nos últimos três anos, vai ganhar forma”, disse na altura o secretário executivo da JMJ Lisboa 2023, Duarte Ricciardi, garantindo que, à medida que se “tornam visíveis estes sinais da preparação”, os jovens “vão-se sentindo, cada vez mais, parte deste caminho”.

Foto da capa: Chegada dos Símbolos da JMJ ao Alqueva e Évora. Foto de Arlindo Homem | AIIC, janeiro 2022.

Nuno Sobral Camelo

Casado, pai de 2 rapazes. Geógrafo de formação.
Salesiano Cooperador com colaboração na Casa Salesiana de Évora.
Dirigente do Corpo Nacional de Escutas (Junta Regional de Évora e Agrupamento 320). Animador Pastoral no Departamento da Pastoral Juvenil da Arquidiocese de Évora, com especial enfoque na preparação para a JMJ Lisboa 2023.
Áreas de intervenção: Evangelização através da escrita, dinâmicas e ferramentas da fé nos movimentos juvenis, educação e fé, missão e serviço.

%d blogueiros gostam disto: