Fundação Fratelli tutti

Em boa hora, o Vaticano dá o mote para iniciar o novo ano à luz da Fraternidade universal, por meio da Fundação “Fratelli tutti”.

O Papa Francisco, no passado mês de dezembro, erigiu como pessoa jurídica canónica pública esta nova Fundação, com as seguintes competências:

Sustentar e projetar percursos de arte e de fé; investir na formação cultural e espiritual através de eventos, experiências, percursos e exercícios espirituais; promover o diálogo com as culturas e as outras religiões sobre temáticas das últimas encíclicas do Pontífice, para construir a aliança social.

A Fundação compromete-se a

incentivar projetos para o cuidado da criação e dos recursos ambientais; promover a responsabilidade social e os investimentos sociais, a ecologia integral, o desenvolvimento sustentável, a transição ecológica, a saúde e a pesquisa científica e tecnológica, à luz da Doutrina Social da Igreja; suster a comunicação responsável, a verdade das fontes, a credibilidade e a confiança de quem se compromete a construir pontes.

Finalmente, a Fundação

toma a seu cargo, no abraço simbólico da colunata da basílica de S. Pedro, as pessoas mais frágeis, o forasteiro e o estrangeiro, o diverso e o marginalizado, debruçando-se sobre o sofrimento do mundo para oferecer soluções à luz do Evangelho e do Magistério Pontifício.

A Fundação será presidida pelo Cardeal Mauro Gambetti, frade franciscano, antigo Custódio da Basílica de S. Francisco em Assis.

É com alegria que a nossa revista saúda esta Fundação, porque representa um sinal concreto de caminhada sinodal por parte da Igreja, que quer caminhar com os homens, partilhando alegrias e sofrimentos e comprometendo-se na construção de um mundo mais humano, justo e fraterno.

Oxalá que esta iniciativa sirva de estímulo para que todas as Igrejas locais e todas as comunidades cristãs entrem numa caminhada de renovação e de comunhão com todos os homens, pois somos “fratelli tutti”!

%d blogueiros gostam disto: