Frei Valentim Strappazzon – in memoriam

No dia 25 de maio passado, recebemos a notícia do falecimento do Frei Valentim Strappazzon, colaborador da nossa revista, desde 2010.

Frei Valentim nasceu em San Vito de Arsiè (BL), Itália, a 2 de março de 1925; ingressou na Ordem dos Frades Menores Conventuais em Pádua, onde fez a profissão religiosa, a 11 de setembro de 1943; foi ordenado sacerdote em Carcassone (França), a 29 de junho de 1951.

Frei Valentim passou toda a sua vida entre a França e a Itália, dedicando-a particularmente ao estudo e à divulgação da figura de Santo António. Foi diretor por mais de 40 anos de Le Messager de Saint Antoine (edição francesa de O Mensageiro de Santo António). É autor de numerosas publicações sobre o Santo, traduzidas em várias línguas e traduziu para o francês os Sermões de Santo António.

A partir de 2010, aceitou tornar-se colaborador do Mensageiro de Santo António com a rubrica: Santo António, mestre da Palavra.

Os 97 anos da sua vida, todos vividos com lucidez e empenho, testemunham a fecundidade da sua vida e a grande paixão que sempre demonstrou no estudo e divulgação da figura de Santo António. Podemos mesmo dizer que o seu último trabalho foram as páginas que se seguem da rubrica António, mestre da Palavra.

Pessoa amável e de espírito aberto, procurou estar atento à evolução dos tempos e da história, confrontando-se com os novos caminhos que o mundo e a Igreja percorriam, sem preconceitos e com discernimento. Fiel ao carisma de Francisco de Assis e seguidor do testemunho de António de Lisboa, procurou dar o seu contributo de forma simples, inteligente e generosa. Recordamo-lo como um frade sorridente e simpático, um bom amigo do nosso Mensageiro de Santo António e de muitos portugueses que conheceu em França e em Portugal. O Senhor lhe dê a alegria do Seu encontro e o descanso eterno.

Frei Valentim Strappazzon (2 março 1925 - 25 maio 2022)
Frei Valentim Strappazzon (2 março 1925 – 25 maio 2022)
%d blogueiros gostam disto: