fbpx

Especial_1_DOC.20191031.27381278.PN3284_20191031

Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra Anozero, com obras de 39 artistas que ora irritam, ora podem funcionar como antídoto para um mundo cheio de barulho. Foto: outubro 2019, Paulo Novais / LUSA

Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra Anozero, com obras de 39 artistas que ora irritam, ora podem funcionar como antídoto para um mundo cheio de barulho. Foto: outubro 2019, Paulo Novais / LUSA

Valorizamos a opinião dos nossos leitores...

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.