Desafios da Educação – 2
Formação Humana para a Liberdade

Liceu Infanta D. Maria, Coimbra

A promoção da liberdade, a edificação da paz e a erradicação do trabalho infantil são apenas alguns dos desafios que se colocam, hoje, à missão de educar. ESPECIAL setembro 2021 …

Ler mais

Desafios da Educação – 1

Liceu Infanta D. Maria, Coimbra

A promoção da liberdade, a edificação da paz e a erradicação do trabalho infantil são apenas alguns dos desafios que se colocam, hoje, à missão de educar. ESPECIAL setembro 2021 …

Ler mais

Estou? Quem fala?

Santo António em MontePaolo, Ilustração de Luca Salvagno

Nesta altura da história, as coisas já não são tão claras e óbvias. A Palavra de Deus que António tinha aprendido a compreender nas ricas bibliotecas dos mosteiros portugueses, será ainda a mesma, aqui e agora?

As palavras do silêncio

As palavras do silêncio. Ilustração: Luca Salvagno

O silêncio e a solidão geram a possibilidade de acolher e ouvir, permanecendo sem palavras diante do mistério do outro, criando um espaço e um tempo de plenitude, propícios para esperar com confiança pela palavra que nos “contém” e garantir que as relações não nos enredam num atordoamento vazio.

Os verbos da Salvação – 8. Descansar e sonhar – II

O sonho é criador. Foto Damir Spanic | Unsplash.

O sonho é criador. O título é criação de uma extraordinária escritora portuguesa, Maria Gabriela Llansol que, ao longo de vários anos, manteve um diário no qual registava as memórias dos seus sonhos. Desse património rebelde – rebelde porque não controlado pela nossa consciência, pelos valores éticos, pelos projetos e tarefas a que dedicamos os nossos dias – Llansol retirou pistas e imagens que encontrariam lugar na sua escrita.

Os verbos da Salvação – 8. Descansar e sonhar – I

Descansar e sonhar. Foto Spring Fed Images | Unsplash

O verbo descansar é tão essencial como qualquer um dos Verbos da Salvação que vimos até ao momento: comer, perdoar, caminhar, meditar, desejar, ouvir e escutar, recordar… Nos últimos 20 anos este verbo tem despertado a atenção de cientistas de várias áreas.

Fernando de Lisboa, António de Pádua: história de uma paixão inquieta

Santo António de Pádua, fresco de autor desconhecido do século XIV, Basílica de Santa Maria Miaor, Bérgamo, Itália. Foto de Mario Bonotto, 2016.

Frei Luciano Bertazzo Fernando de Lisboa – António de Pádua: a sua história, depois de 800 anos, continua a chegar-nos com uma surpreendente vitalidade e relevância, sendo um ponto de …

Ler mais

António: o homem, o frade, o santo

Coimbra – Igreja de Santo António dos Olivais. Foto MSA 2020.

Até aos 20 e poucos anos, António não é António, mas Fernando. Nasce em Lisboa no final do séc. XII (15 de agosto de 1195) e morre nos inícios do séc. XIII (13 de junho de 1231).

Santuário de Santo António, em Lisboa

Lisboa – Igreja de Santo António, que se ergue no local onde, segundo a tradição, nasceu Santo António. Foto MSA 2015.

Frei Jorge Marques O Santuário de Santo António, em Lisboa, tem uma mensagem clara que quer transmitir a quem o visita: Aqui nasceu Santo António! Segundo a tradição, este é …

Ler mais

Diálogos com António 2020

Diálogos com António 2020. Santo António: o monge, o frade, o santo, com Frei Severino Centomo, Frei Fabrizio, Frei Luciano Bertazzo, Frei Jorge Marques e Pedro Teotónio Pereira.

Santo António: o monge, o frade, o santo Na noite de 13 de Junho de 2020: Lisboa, Coimbra e Pádua, as três cidades por excelência antonianas, estiveram unidas, para falar …

Ler mais

%d blogueiros gostam disto: