Sequência da Páscoa: uma das mais belas histórias do mundo

Dos Homens e dos Deuses, Xavier Beauvois, Drama, M/12, França, 2020.

Este é o título de um brevíssimo texto de Marguerite Yourcenar, incluído na colectânea O Tempo Esse Grande Escultor. Começa assim: Deixo por momentos ao menos as cerimónias e os …

Ler mais

Uma mulher que fugiu e outra que sonha fugir

Domangchin yeoja/The Woman Who Ran | A Mulher que fugiu, de Hong Sang-soo, Drama, M/12, Coreia do Sul, 2020.

O filme, muito feminino, muito simples, mas só aparentemente: A Mulher Que Fugiu. É precisa uma grande atenção para desbobinar as várias camadas mais ou menos escondidas. E compreender a infinita e subtil melancolia que o percorre.

O Mal não Existe – O olhar da Raposa

Sheytan Vojud Nadarad (O Mal não existe) de Mohammad Rasoulof, Drama, M/14, ALE/Irão/República Checa, 2020.

Infelizmente, são ainda muitos os lugares deste mundo onde a pena de morte continua a existir e a ser praticada. Sirvam de exemplo estas notícias do Público, de 11 e …

Ler mais

Sibéria: A Luta de Abel com Caim dentro dele

Siberia de Abel Ferrara, Drama/Terror, M/16, MEX/GRE/ITA/ALE, 2020.

Como escrever sobre um filme que nos parece importante, mas nem sequer foi daqueles que mais nos entusiasmou?

LISTEN, um filme para ser escutado nas entranhas

Listen, de Ana Rocha de Sousa, Drama, M/12, POR, 2020.

Podemos entrar neste filme pela lente partida da máquina fotográfica a fingir de Lu, a filha surda-muda daquela família. Uma lente que faz lembrar as teias onde as aranhas apanham, …

Ler mais

Um desejo furioso de sacrifício

L’adieu à la Nuit | O Adeus à Noite, de André Téchiné, Drama, M/12, FRA/ALE, 2019.

O primeiro mérito do último filme de André Téchiné O Adeus à Noite – que começa com a profusão e beleza de um imenso cerejal em flor rapidamente ensombrado por …

Ler mais

Filmar o desejo como quem pinta

Portrait de la Jeune Fille en Feu - Retrato da rapariga em chamas, de Céline Sciamma, Drama, M/12, França, 2019.

Passada a quarentena, foi este o primeiro filme que vi em sala, de máscara como manda a lei: Retrato da Rapariga em Chamas. É um filme magnificamente feminino que coloca …

Ler mais

A poesia é a verdade justa

Shi (Poesia), de Lee Chang-Dong, Drama, M/12, França, Coreia do Sul, 2010.

“A coisa mais antiga de que me lembro é dum quarto em frente do mar dentro do qual estava, poisada em cima duma mesa, uma maçã enorme e vermelha”, escreve …

Ler mais

J'Accuse: A verdade não é tudo, mas é um bom princípio

J’Accuse, de Roman Polanski, Drama, Thriller, Histórico, M/12, ITA/FRA, 2019.

O affaire Dreyfus, que abalou a França no final do século XIX, foi um momento provavelmente decisivo, por ser um marco – alguns dizem que um farol – do empenhamento …

Ler mais

A esperança é uma coisa perigosa

1917, de Sam Mendes, Drama, Guerra, M/12, GN/EUA, 2019.

O título deste breve comentário ao filme 1917, de Sam Mendes, é uma frase dita, já quase no final, pelo general Mackenzie quando recebe – desiludido? – a informação para …

Ler mais

%d blogueiros gostam disto: