A vacina da fraternidade

Encontro inter-religioso na Planície de Ur, Nassirya, Iraque, 6 de março de 2021. Foto EPA/Alessandro di Meo.

Há palavras que deveríamos emoldurar, como se faz com uma foto de família ou uma pintura de valor. Entre as várias palavras pronunciadas pelo Papa Francisco nos dias da sua …

Ler mais

Pais emprestados

São José, Igreja de Santo António dos Olivais, Coimbra. Foto Babo Ribeiro, 2014

O Papa Francisco continua a baralhar as nossas agendas e planos abrindo novas pistas e percursos, servindo-se de datas e intuições que lhe brotam do fundo da consciência. Tinha acabado de lançar 2021 como o ano de São José, no dia 8 de Dezembro de 2020, e logo, pouco mais tarde, anunciou o ano da Família para assinalar o aniversário da Exortação Apostólica Amoris Laetitia, a começar no dia 19 de Março de 2021.

Dia da(s) Memória(s)

Portão principal de Auschwitz I, onde se lê a frase "Arbeit macht frei" ("o trabalho liberta")

Um bom uso da internet e um bom hobby, em tempos de um confinamento que nos acompanha também neste primeiro trimestre de 2021, pode ser o de recuperar personagens e histórias do passado da nossa terra natal.

27 JANEIRO | DIA DA MEMÓRIA

Portão principal de Auschwitz I, onde se lê a frase "Arbeit macht frei" ("o trabalho liberta")

De acordo com dados do memorial de Auschwitz, pelo menos 232.000 crianças e jovens foram deportados para Auschwitz, dos quais 216.000 eram judeus, 11.000 ciganos, cerca de 3.000 poloneses, mais de 1.000 bielorrussos e várias centenas de russos, ucranianos e outros. No total, cerca de 23.000 crianças e jovens foram registados no acampamento. Um pouco mais de 700 foram libertados no território de Auschwitz em janeiro de 1945.

Três palavras para 2021

Nos 150 anos da proclamação de São José como guardião universal da Igreja, pelo Papa Pio IX, o Papa Francisco proclama 2021 o “Ano de São José”, através da Carta Apostólica Patris Corde “Coração de Pai”. Foto: São José com o Menino Jesus nos braços, de Guido Reni (1575-1642), Hermitage Museum / Commons Wikimedia.

Costumamos viver a passagem do ano, deitando para trás o que não presta do ano que acaba e sonhando algo diferente para o novo que aí vem. Contudo, sabemos bem …

Ler mais

O Natal que nos salva

Escrever em Novembro para o mês de Dezembro, em tempo de pandemia, significa ousar ser um “advinho”. Olhando para o último mês do ano, todos os cidadãos, sem distinção religiosa …

Ler mais

Somos todos irmãos

Está na moda manifestar solidariedade para com as vítimas de atos de terrorismo ou catástrofes (nem sempre todas), afirmando: Je suis… (Eu sou…). Alinho também eu, mas mudando o atributo do sujeito: Je suis frére, quer dizer: Eu sou/sinto-me irmão, porque somos todos irmãos, nesta casa comum, a terra, nossa mãe e nossa irmã.

Amar um país (de adoção)

Piodão, aldeia típica do centro interior de Portugal, praia fluvial de Foz de Égua. Foto MSA 2015.

Desde Janeiro que não entrava num avião. Aconteceu de novo agora na última quinzena de agosto. Quando entro no aeroporto costumo comprar um livro que devoro na viagem de ida …

Ler mais

Peregrinos procuram-se

Montreux, Switzerland, 2017. Foto EPA/ANTHONY ANEX

Acabo de ler que no “coração do verão retomarão, com muita cautela, as viagens organizadas aos santuários marianos da Europa”. Comenta Francisco Ognibene: “Há nestas propostas, um chamamento às origens. …

Ler mais

De monge a pregador itinerante

Escadaria da Igreja de Santo António dos Olivais, Coimbra

No ano de 1219, em Coimbra, António, quando era ainda Fernando, encontrou pela primeira vez um grupo de frades oriundos do centro de Itália que se preparavam para ir a …

Ler mais

%d blogueiros gostam disto: