A política é encontro, reflexão e ação

A política é acima de tudo a arte do encontro. Certamente, esse encontro vive-se acolhendo o outro e aceitando a sua diferença, num diálogo respeitoso. Como cristãos, porém, há mais: visto que o Evangelho nos pede para amarmos os nossos inimigos (cf. Mt 5,44) não posso contentar-me com um diálogo superficial e formal, como acontece nas negociações, muitas vezes hostis, entre partidos políticos.

Somos chamados a viver o encontro político como encontro fraterno, especialmente com aqueles que estão menos de acordo connosco; e isso significa ver naquele com quem dialogamos um verdadeiro irmão, um filho amado de Deus. Esta arte do encontro, portanto, começa com uma mudança de olhar sobre o outro, com um acolhimento incondicional, no respeito pela sua pessoa.

Papa Francisco aos membros da Fraternidade Política Caminho Novo, Roma 16.05.2022

Foto da capa: Papa Francisco recebe os membros da Fraternidade Política Caminho Novo, Roma 16.05.2022. Foto EPA/Vatican Media.

%d blogueiros gostam disto: