A Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023

Ainda que a data esteja um pouco distante, o caminho para o grande evento da Jornada Mundial da Juventude (Lisboa 2023) já se prepara a todo o vapor. Através do trabalho de centenas de voluntários vai-se preparando a chegada do Papa Francisco e o encontro de tantos milhares de jovens.

Este encontro incrível terá lugar entre os dias 1 e 6 de Agosto de 2023, em Lisboa. Entre as várias tarefas dos que vão erguendo, a pouco e pouco, este encontro futuro podem incluir-se: a tradução de textos e notícias para várias línguas, a divulgação através de todas as redes sociais, a criação de merchandising alusivo à JMJ Lisboa 2023, a divulgação de eventos como a “World Youth Race” que teve lugar no mês de Novembro, os concursos que deram origem à imagem oficial e ao Hino da JMJ: “Há pressa no Ar”.

Enumerar tudo o que tem vindo a ser feito seria impossível. Mas talvez seja importante referir que nos bastidores desta preparação estão rostos e mãos de muitos portugueses e também de pessoas de muitos outros lugares do mundo. A JMJ não seria possível sem o trabalho dedicado de tantos.

Tal como podemos ler no site oficial da JMJ Lisboa 2023, a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) foi instituída por João Paulo II, em 1985, e desde então tem-se evidenciado como um momento de encontro e partilha para milhões de pessoas por todo o mundo.

A primeira edição aconteceu em 1986, em Roma, e desde então a JMJ já passou pelas seguintes cidades: Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016) e Panamá (2019).

Foi a 27 de janeiro de 2019, no Panamá, que foi divulgada a escolha da cidade de Lisboa pelo Papa Francisco para acolher a próxima Jornada Mundial da Juventude. Inicialmente agendada para o verão de 2022, a JMJ Lisboa 2023 foi adiada um ano devido à pandemia causada pela Covid-19.

Será também importante referir que o tema orientador para esta JMJ é “Maria levantou-se e partiu apressadamente”, lembrando o episódio da Visitação, o Sim de Maria em cada momento da sua vida. É também este “sim” que todos os jovens querem dar com a sua vinda a Lisboa em 2023. Maria foi já protagonista da última edição da JMJ e, no verão de 2023, sê-lo-á novamente. A presença de Maria como caminho que nos leva até Deus deixa-nos sentir que vamos embalados pelo seu amor, pela sua ternura, mesmo quando as dificuldades possam surgir. Através da oração do terço, também tão presente neste caminho de preparação da JMJ, sabemos que reparamos o seu Imaculado Coração e que nos aproximamos, cada vez mais, do seu Filho.
~

No que respeita à preparação da JMJ, poderá afirmar-se que esta vai já sendo feita nas diferentes paróquias, por todo o país. As dioceses estão a viver o dia 23 de cada mês, assinalando-o com orações, atividades e a dinamização de várias iniciativas. Desta forma, podemos dizer que a JMJ já se vive, ainda que não tenha ainda acontecido.

Como símbolos da JMJ temos o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani e a Cruz peregrina. O ícone de Nossa Senhora retrata a Virgem Maria com o Menino nos braços. Este ícone foi introduzido ainda pelo Papa João Paulo II como símbolo da presença de Maria junto dos jovens. A Cruz peregrina foi construída a propósito do Ano Santo, em 1983, foi confiada por João Paulo II aos jovens no Domingo de Ramos do ano seguinte, para que fosse levada por todo o mundo. Desde aí, a Cruz peregrina, feita em madeira, iniciou uma peregrinação que já a levou aos cinco continentes e a quase 90 países.

Normalmente, nos meses que antecedem a JMJ, estes ícones iniciam uma peregrinação pelo país onde se realizará a Jornada Mundial da Juventude.

Estes dois símbolos das JMJ já iniciaram a sua peregrinação por Portugal, começaram por deixar a sua marca na Diocese do Algarve e seguiram, depois, para as dioceses do Alentejo.

Em conclusão, a JMJ Lisboa 2023 está a ser preparada a cada dia por tantas pessoas pelo país fora (e também além-fronteiras). Com a colaboração e oração de todos nós construiremos, até 2023, um tempo profundamente feliz de encontro, de comunhão, de partilha e de alegria em Deus através do olhar querido de Maria.

Poster A3 da JMJ 2023

Marta Arrais

Marta Arrais
Nasci em 1986. Tenho 35 anos. Sou natural de Coruche, mas vivo em Lisboa, onde trabalho. Sou professora de Inglês e Espanhol.

Fiz algum trabalho voluntário com as Irmãs Hospitaleiras e os Irmãos de S.João de Deus.
As experiências de voluntariado que já vivi realizaram-se não só no meu país, mas também em Espanha, em Moçambique e em Cabo Verde.

Escrevo crónicas, semanalmente, para o site Imissio desde 2014.

%d blogueiros gostam disto: