Abertura Fratelli Tutti

A mensagem de Francisco para o 54º dia mundial da paz começa da seguinte maneira:

Aproximando-se o Ano Novo, desejo apresentar as minhas respeitosas saudações aos Chefes de Estado e de Governo, aos responsáveis das Organizações Internacionais, aos líderes espirituais e fiéis das várias religiões, aos homens e mulheres de boa vontade. Para todos formulo os melhores votos, esperando que o ano de 2021 faça a humanidade progredir no caminho da fraternidade, da justiça e da paz entre as pessoas, as comunidades, os povos e os Estados.

Os votos aparecem formulados de uma maneira clara e evidente, expressando o desejo que o ano 2021 possa ser não só verdadeiramente novo, mas também, atrevo-me mesmo a dizer, possa ser uma novidade em termos da vivência da fraternidade.

Fazendo uma alusão explícita à crise sanitária provocada pela Covid-19 e tendo em conta outros acontecimentos importantes testemunhados ao longo de 2020, Francisco insiste e propõe a cultura do cuidado como percurso de paz e como caminho para erradicar a cultura da indiferença, do descarte e do conflito, que hoje muitas vezes parece prevalecer.

Destacando uma série de princípios que nos podem guiar nesse caminho, o Papa retoma aqui uma preocupação transversal a todo o seu pontificado e que aparece plasmada com toda a sua força, diria profética, na recente carta Encíclica Fratelli Tutti.

Sendo mais do que uma reflexão, este texto reveste-se dos contornos de um autêntico Programa para a ação. Nele somos todos convidados, enquanto humanidade única, a ousarmos outros caminhos que nos conduzam a um futuro novo, que não seja apenas um voltar à normalidade a que estávamos habituados.

2021 pode verdadeiramente ser um ano para marcar a diferença

A isso nos interpela também a Fratelli tutti. Por isso, no primeiro número do ano e à maneira de abertura que nos convida a ir mais longe, partilhamos com os nossos leitores algumas pistas para ajudar a uma compreensão do texto, desejando que ele possa ser verdadeiro incentivo para passarmos à ação, empenhando-nos cada dia concretamente por “formar uma comunidade feita de irmãos que se acolhem mutuamente e cuidam uns dos outros”.

A Política Melhor
Francisco Vaz
O amor eficaz
Inês Espada Vieira
Povo
Américo Pereira

Texto da Carta Encíclica Fratelli Tutti, do Papa Francisco

Foto da capa: Sgraffito, o bom samaritano (Max von Mühlenen 1949). Foto AnBuKu, Commons Wikimedia

%d blogueiros gostam disto: