fbpx

O Senhor só nos pede uma coisa: confia!

O Senhor não nos pede grandes coisas! Pede-nos apenas para confiarmos nele. “Aquilo que é importante é pormo-nos a caminho”: conta-nos Leonardo, jovem do Grupo Vocacional.
Muitas vezes pensamos que Deus nos pede grandes coisas e que para O seguir é preciso ser bons, inteligentes, belos… santos. A experiência, a história da igreja e o Evangelho dizem-nos outra coisa!
Quero partilhar convosco o testemunho de um jovem que, tendo participado este ano no Grupo Vocacional São Damião, escolheu continuar o discernimento da sua vocação no postulantado em Brescia.

Leonardo Mattuzzi

Sou Leonardo Mattuzzi, 19 anos, trentino, Itália.

Em agosto concluí o percurso do Grupo São Damião, iniciado em outubro último, e, depois de todos estes anos de caminho, decidi experimentar lançar-me; dar um sentido mais profundo à minha existência, entrando no postulantado, em Brescia.

No momento da decisão, porém, aquilo que estás para escolher, aquilo que viveste, aquilo em que acreditas, até parece que tudo esteja errado… escolher e decidir coloca-te em crise…
Todas as estradas conduzem a um único porto: Cristo, que, de braços abertos, te espera no final de cada uma, porque o amor vai sempre à frente. Ele não nos pede renúncias humilhantes: basta-lhe a aceitação da sua palavra e pôr-se a caminho assim como somos.

Qualquer que seja a vocação, Deus não nos pede o impossível, não nos pede o que está fora das nossas capacidades e possibilidades. Ele pede-nos para sermos simplesmente nós próprios e para entrarmos no jogo de ser instrumento nas suas mãos!

Não é importante como estamos a caminhar, mas sim que caminhemos atrás d’Ele, que desejemos estar com Ele… Ele vai à nossa frente, como uma mãe quando aprendemos a dar os primeiros passos! Confiemos, portanto, nas suas palavras: “não temais!”.

Sabemos que é preciso deixar desabrochar a nossa verdadeira identidade, aquela que trazemos escondida dentro de nós. Isto comporta caminhar, mudar e deixar. Diz-nos o Evangelho: “Não te admires por te ter dito: é preciso nascer de novo. O vento sopra onde quer e tu ouves o seu rumor, mas não sabes nem donde vem nem para onde vai: assim acontece com todo aquele que nasceu do Espírito” (Jo 3,7-8).

Peço aos leitores do Mensageiro uma oração por mim e pelos outros rapazes que comigo iniciam esta aventura, para que o Senhor nos mande em abundância o seu Espírito, o Espírito de confiança, de coragem, de abandono, o Espírito da vida.

Vamos viver em Brescia, na alegria do Senhor, inspirados pelo exemplo de São Francisco!

%d blogueiros gostam disto: