fbpx

Domingo de Páscoa – 10:00h

AS IGREJAS NUNCA FECHAM, PORQUE A IGREJA SOMOS NÓS.


A Paróquia de Santo António dos Olivais, em Coimbra, transmite em directo, às 10:00 horas de cada domingo, a missa dominical concelebrada pelos freis.

Continuamos unidos e em comunhão, rezando uns pelos outros e fortalecendo a nossa fé, a nossa esperança e a nossa caridade, a caminho da Páscoa.

Partilhe esta ligação com os amigos e conhecidos: https://santoantonio.live
Visite o nosso canal no Youtube e inscreva-se.


RESSUSCITOU CRISTO, MINHA ESPERANÇA, ALELUIA!

Este ano, a Páscoa tem um sabor diferente: a alegria e o júbilo que normalmente marcavam este dia não têm o mesmo brilho, porque é como se pairasse diante dos nossos olhos uma sombra de angústia e de medo. 

Somos obrigados a cavar em profundidade, no nosso espírito e na nossa mente, para encontrarmos respostas que nos libertem desta sombra. Nisto, a fé joga um papel muito importante. Mas, se também a nossa fé vacilar, o que será da nossa vida? 

A nossa fé assenta sobre o mistério pascal da paixão – morte – ressurreição do Senhor Jesus Cristo. A paixão de Jesus é a manifestação mais luminosa do mistério de Deus, do seu ser, da sua maneira de amar e de nos salvar, e, portanto, daquilo que nós somos verdadeiramente, daquilo que nós podemos esperar d’Ele, daquilo que é a nossa verdadeira esperança. 

Só quem estiver disposto a crescer no amor, a entregar-se, a doar-se, como Jesus fez, pode esperar chegar ao conhecimento de Deus e, portanto, de si próprio e do verdadeiro amor que nos abre à alegria plena. 

Nestes dias, todos pudemos tocar com a mão inúmeros gestos de espírito de sacrifício, de entrega, de solidariedade, de amor, que iluminaram o horizonte da nossa vida e alimentaram a nossa esperança. Sim, é verdade, Cristo continua vivo no meio de nós, não nos abandonou, antes, ofereceu-nos uma oportunidade para crescermos no amor e fortalecermos a nossa fé. 

PALAVRA DO SENHOR

Domingo de Páscoa 

Act 10, 34.37-43
Salmo: 117 (118) 
Cl 3, 1-4
Jo 20, 1-9 

É a fé na Palavra do Senhor e no seu amor que nos permite começar e continuar a acreditar na ressurreição no meio dos inúmeros sinais de morte que atravessam a nossa vida e o nosso mundo. 

Viver a fé como fé como fé no seu amor por nós, acreditar que somos amados por Ele constitui a base da fé na nossa ressurreição: o seu amor por nós não termina com a nossa morte. Esta fé, que abarca o vazio do túmulo, pode também socorrer a nossa vida, no momento do terror do vazio do amor e do medo do abandono que nos faz habitar na morte. 

Atrás do discípulo amado está, de facto, todo o discípulo de Jesus chamado ao longo do tempo a entrar na fé do Deus que o ama. 

(L. Manicardi) 

A Oração do domingo

Sequência pascal 

À Vítima pascal ofereçam os cristãos sacrifícios de louvor. 

O Cordeiro resgatou as ovelhas: Cristo, o Inocente, reconciliou com o Pai os pecadores. 

A morte e a vida travaram um admirável combate: depois de morto, vive e reina o Autor da vida. 

Diz-nos, Maria: que viste no caminho? Vi o sepulcro de Cristo vivo e a glória do Ressuscitado. Vi as testemunhas dos Anjos, vi o sudário e a mortalha. 

Ressuscitou Cristo, minha esperança: precederá os seus discípulos na Galileia. 

Sabemos e acreditamos: Cristo ressuscitou dos mortos: Ó Rei vitorioso, tende piedade de nós. 

ORAÇÃO NO TEMPO DA FRAGILIDADE 

(Pelo Secretariado Nacional para a Pastoral da Saúde da CEI) 

Deus eterno e omnipotente, 
descanso na fadiga, amparo na fraqueza: 
todas as criaturas de Vós recebem energia, existência e vida. 

A Vós recorremos invocando a vossa misericórdia
porque continuamos a sentir a fragilidade da condição humana
ao passar pela experiência de uma nova epidemia viral.

A Vós confiamos os doentes e as suas famílias:
curai-os no corpo, na mente e no espírito. 

Ajudai todos os membros da sociedade a cumprir o seu dever
e a reforçar o espírito de solidariedade entre si. 

Amparai e confortai os médicos e os profissionais de saúde da linha da frente
e todos os que prestam cuidados de saúde,
no desempenho do seu serviço. 

Vós que sois a fonte de todo o bem,
enchei de bênçãos a família humana,
afastai de nós todo o mal e dai uma fé sólida a todos os cristãos. 

Livrai-nos da epidemia que nos está a atingir
para que possamos retomar com serenidade as nossas ocupações habituais
e louvar-vos e dar-vos graças de coração renovado. 

Em Vós confiamos e a Vós elevamos a nossa súplica
porque Vós, ó Pai, sois o autor da vida,
e com o vosso Filho, nosso Senhor Jesus Cristo,
na unidade do Espírito Santo,
viveis e reinais pelos séculos dos séculos.
Amen.

Santa Maria, saúde dos enfermos, rogai por nós.


COVID-19 . Oração dos bispos da Europa para pedir ajuda, conforto e salvação

Proposta do Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE) e Comissão dos Episcopados da União Europeia CCEE )

Deus Pai, Criador do mundo,
omnipotente e misericordioso,
que por nosso amor
enviaste o teu Filho ao mundo
como médico dos corpos e das almas,
olha para os teus filhos
que neste momento difícil
de desorientação e consternação
em muitas regiões da Europa e do mundo
se voltam para Ti
em busca de força, salvação e alívio.

Livra-nos da doença e do medo,
cura os nossos doentes,
conforta os seus familiares,
dá sabedoria aos nossos governantes,
energia e recompensa aos médicos,
enfermeiros e voluntários,
vida eterna aos defuntos.
Não nos abandones
neste momento de provação,
mas livra-nos de todo o mal.

Tudo isto Te pedimos, ó Pai
que, com o Filho e o Espírito Santo,
vives e reinas pelos séculos dos séculos.

Ámen.

Santa Maria,
Mãe da saúde e da esperança,
roga por nós!


1 comentário em “Domingo de Páscoa – 10:00h”

  1. Obrigada aos Freires pela linda missa de Páscoa.
    Que tenham um dia Santo.

Os comentários estão encerrado.

%d blogueiros gostam disto: