fbpx

A cidade dos desejos ardentes

A cidade dos desejos ardentes é fruto das meditações orientadas pelo monge italiano Bernardo Gianni no retiro de 2019 da cúria romana, no qual participou o Papa Francisco. Este acontecimento é o cenário que permite agora, ao público português, aceder a uma proposta de aprofundamento espiritual densa de sentido e de beleza. 

Partindo da cidade de Florença – na qual vive o autor, abade de um mosteiro beneditino –, Gianni caminha de mãos dadas com o testemunho de duas personagens célebres da cidade, o político Giorgio La Pira e o poeta Mario Luzi, para saborear a vocação cristã no seio da cidade e da sociedade humanas. Trata-se de uma leitura e de uma vocação em chaves positivas, nas quais se realçam a busca da beleza, do sentido e do mistério das relações como aberturas à presença e ao amor primeiro de Deus na história. Libertando-se do moralismo estéril e de uma religiosidade marcada pela culpa, Gianni desafia o leitor a mergulhar nos sinais divinos que marcam a difícil vida urbana e social: o monge surge, aqui, não com o apelo à fuga do mundo, mas com o convite a traçar, nos ritmos e relações, a sabedoria que brota do Evangelho. Um livro que é uma proposta a cada leitor para, “retirando-se um pouco” (Mc 6, 31) das tarefas e obrigações – que, em excesso, o podem desumanizar –, ingressar num tempo e num espaço de descoberta do divino, no mosteiro da sua própria casa. 

É-nos dado restituirmos a cada homem e mulher engolidos pelas trevas do pecado, do desespero, da desilusão, da solidão, a beleza da vocação cristã, o carácter coral de uma transfiguração que resgata a nossa vida e lhe dá um alento elevado, de beleza, de alegria, que muitas vezes evocamos como frutos belíssimos que o Senhor dá com abundância ao nosso coração. 


A cidade dos desejos ardentes
Autor: Bernardo Gianni
Edição: Paulinas

%d bloggers like this: