fbpx

IV domingo da quaresma

A Paróquia de Santo António dos Olivais, em Coimbra, transmite em directo, às 10:00 horas de cada domingo, a missa dominical concelebrada pelos freis. Deixamos de transmitir a missa diária, destacando-se assim a importância da igreja doméstica e de outras formas de comunhão com Deus e com os irmãos, ao mesmo tempo que se destaca a centralidade do domingo.

Continuamos unidos e em comunhão, rezando uns pelos outros e fortalecendo a nossa fé, a nossa esperança e a nossa caridade, a caminho da Páscoa.

Também pode seguir a celebração da Eucaristia no Facebook.

Partilhe esta ligação com os amigos e conhecidos: https://santoantonio.live
Visite o nosso canal no Youtube e inscreva-se.


PALAVRA DO SENHOR

4º Domingo da Quaresma – Ano A 

1Sm 16,1b.6-7.10-13
Salmo:22(23)
Efésios 5,8-14
João 9,1- 41 

Comportai-vos como filhos da luz. 

No centro da liturgia deste domingo está o tema da iluminação, da passagem das trevas à luz, expressa no Evangelho da narração do homem cego de nascença. 

Na 2ª leitura, o tema tem valência batismal e é tomado nas suas implicações éticas: a iluminação batismal compromete a uma vida de conversão: “Outrora éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor: procedei como filhos da luz”. 

Em paralelo com este anúncio, a 1ª leitura apresenta a unção real de David por Samuel: os gestos e as palavras do profeta que consagram o Messias remetem para as palavras e os gestos de Jesus, “Luz do mundo”. 

As três leituras levantam o problema do discernimento. Trata-se do difícil discernimento de Samuel para escolher aquele que Deus elegeu entre os filhos de Jessé, pois “o homem vê a aparência, enquanto Deus vê o coração”, ou seja: “o homem vê com os olhos, o Senhor olha com o coração”. S. Paulo recorda que o discernimento é pedido ao batizado, chamado a escolher o que é agradável a Deus. O texto evangélico narra o percurso que leva o cego curado a discernir a verdadeira qualidade de Jesus e a confessar a fé nele.

A Oração do domingo

Bendito sejas 
Deus, Pai dos humildes e pequenos, porque não julgas conforme as aparências.
Tu, Senhor, olhas no coração e escolhes quem é fraco para confundir os fortes. 

Bendito sejas
Deus, pelo teu Filho Jesus que, fez renascer o cego de nascença, encontrado ao longo do caminho, enviando-o para a piscina de Siloé. Que Tu sejas bendito, também, por aquele homem que escutou e cumpriu a palavra de Jesus e o defendeu perante os seus acusadores. 

Bendito sejas
pelo Teu Santo Espírito, que continua a iluminar as nossas trevas. Por meio dele, Tu curas a nossa cegueira e nos permites viver como filhos da luz, vendo o mundo como Tu o vês. 

Bendito sejas para sempre
Deus, Pai, Filho e Espírito Santo! 

EM TEMPO DE CRISE, EIS OS CONSELHOS DOS NOSSOS PASTORES… 

PAPA FRANCISCO 

O Papa Francisco, na Missa celebrada na Casa de Santa Marta, deixou uma série de conselhos aos fieis que se querem confessar, antes da Páscoa, mas estão em isolamento devido à pandemia do Covid-19. 

“Sei que muitos de vocês, na Páscoa, se vão confessar para se encontrarem com Deus. Mas muitos me diriam hoje: ‘Padre, onde posso encontrar um sacerdote, um confessor, já que não podemos sair de casa? E eu quero fazer as pazes com o Senhor, eu quero que ele me abrace, que o meu Pai me abrace … Como o posso fazer se não encontro sacerdotes?

Faz o que o diz Catecismo: Se não encontras um sacerdote para te confessares, fala com Deus, Ele é o teu Pai, e diz-lhe a verdade: ‘Senhor, fiz isto, isto, isto … Perdoa-me’, e pede-lhe perdão de todo coração, com o ato de contrição, e promete-lhe: ‘Depois vou me confessar, mas perdoa-me agora’. E imediatamente voltarás à graça de Deus”. 

O NOSSO BISPO, D. Virgílio Antunes

D. Virgílio Antunes refere que esta Quaresma tem um sabor diferente e mais amargo para todos, por estarmos numa situação particular de debilidade face à pandemia do Covid-19. 

Por isso, convida todos os diocesanos a um “forte aprofundamento da fé no Deus rico de misericórdia, que acompanha todas as dores da humanidade”. 

D. Virgílio propõe “Um programa familiar de louvor e de súplica, de meditação, contemplação dos mistérios da fé, de leitura orante da Palavra de Deus e partilha da experiência pessoal de fé, de oração mariana ou devocional”. 

D. Virgílio Antunes recorda que será transmitida a Missa dominical, às 09h00, da Capela da Casa Episcopal, na página da Diocese de Coimbra na rede social Facebook. 


COVID-19 . Oração dos bispos da Europa para pedir ajuda, conforto e salvação

Proposta do Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE) e Comissão dos Episcopados da União Europeia CCEE )

Deus Pai, Criador do mundo,
omnipotente e misericordioso,
que por nosso amor
enviaste o teu Filho ao mundo
como médico dos corpos e das almas,
olha para os teus filhos
que neste momento difícil
de desorientação e consternação
em muitas regiões da Europa e do mundo
se voltam para Ti
em busca de força, salvação e alívio.

Livra-nos da doença e do medo,
cura os nossos doentes,
conforta os seus familiares,
dá sabedoria aos nossos governantes,
energia e recompensa aos médicos,
enfermeiros e voluntários,
vida eterna aos defuntos.
Não nos abandones
neste momento de provação,
mas livra-nos de todo o mal.

Tudo isto Te pedimos, ó Pai
que, com o Filho e o Espírito Santo,
vives e reinas pelos séculos dos séculos.

Ámen.

Santa Maria,
Mãe da saúde e da esperança,
roga por nós!


Capa do vídeo: Cristo cura um cego de nascença. Fresco do século X na Igreja de São Jorge,
Oberzell, Reichenau (Baden-Württemberg), Alemanha.

%d blogueiros gostam disto: