fbpx

7 mar – PAZ – Tanzânia: Padre Evarist Mushi

Evarist Mushi, um padre católico de 55 anos, foi assassinado às 7h da manhã de Domingo, 17 de fevereiro de 2012, na ilha de Zanzibar, na TANZÂNIA.

Tinha acabado de chegar à catedral de São José, em Zanzibar (uma ilha com uma esmagadora maioria muçulmana que faz parte da Tanzânia), para celebrar Missa. Estava a sair do carro quando dois indivíduos passaram por ele de mota. Foi alvejado três vezes à queima-roupa pelo pendura mesmo antes de sair do carro.

O ano de 2012 foi muito difícil para os Cristãos em Zanzibar. Três igrejas católicas foram queimadas e várias igrejas protestantes sofreram a mesma sorte.

Rezemos juntos: Senhor, nosso Deus, encomendamo-nos à intercessão do mártir P. Evarist Mushi, assassinado, em 2012, na Tanzânia. Como tantos outros mortos pela fé, nos começos deste século, ele lavou as suas vestes no sangue do Cordeiro. Jesus, Cordeiro de Deus, purifica os nossos corações e derrama sobre nós o teu Espírito de caridade, a fim de que estejamos sempre prontos a amar todos os homens, até dar a vida por eles. 

Como ajudar: Apesar das tensões, em muitos casos originadas por grupos do exterior, há geralmente uma coexistência pacífica entre as várias religiões na Tanzânia. A fé cresce e há muitos seminaristas num país que sofre muitas carências materiais. A Fundação AIS está atualmente a apoiar 244 seminaristas das sete dioceses da Tanzânia. Em 2018, a Fundação AIS apoiou a formação de 11.817 seminaristas em todo o mundo.

%d blogueiros gostam disto: