fbpx

5 mar – VOCAÇÃO – Turquia: Padre Andrea Santoro

Em 5 de fevereiro de 2006, Andrea Santoro, um padre italiano, foi assassinado na sua própria Igreja de Nossa Senhora, em Trebisonda, TURQUIA (uma cidade no Mar Negro), enquanto rezava, pouco depois de ter celebrado a Eucaristia. Foi alvejado duas vezes nas costas por um jovem, de 16 anos, que gritou “Allahu Akbar!” enquanto disparava contra ele. O seu assassino admitiu ter agido por vingança devido à caricatura de Maomé, publicada pouco tempo antes na imprensa ocidental.

O Padre Santoro tinha sido ordenado, em Roma, em 1970, e vivia na Turquia desde o ano 2000, onde trabalhava com empenho para promover o diálogo entre Cristãos e Muçulmanos.

Rezemos juntos: O padre Andrea Santoro, italiano, foi abatido a tiro, na Turquia, em 2006, por um jovem de 16 anos. A atividade apostólica deste sacerdote visava fomentar o diálogo entre os cristãos e os muçulmanos. Pregava a tolerância. Pai do Céu, que és misericordioso e nos convidas a dar sem pedir retribuição, aceita e acalenta a nossa boa vontade de não julgar nem condenar ninguém, porque todos são amados por Ti e não queremos odiar nenhum dos teus filhos e nossos irmãos.

Como ajudar: A Turquia e o Líbano, enquanto países limítrofes da Síria, receberam um grande número de refugiados sírios e iraquianos, muitos dos quais são cristãos. Partindo do princípio de que a situação nos seus países de origem melhore, espera-se que possam regressar a casa. Entretanto, há alguns anos que a Fundação AIS apoia projetos de ajuda de emergência em favor destes refugiados, incluindo o projeto de alimentação “Mesa de S. João, o Misericordioso” no Líbano.

%d blogueiros gostam disto: