fbpx

4 mar – PERDÃO – Índia: Padre Bernard Digal

Em 25 de agosto de 2008, por ocasião da onda de violência desencadeada por radicais hindus, o Padre Bernard Digal, da Arquidiocese de Cuttack-Bhubaneshwar, em Orissa (agora renomeada Odisha), na ÍNDIA, foi atacado e espancado, de forma tão grave que morreu no hospital cerca de um mês depois, em 28 de outubro, devido aos graves ferimentos que tinha sofrido na cabeça.

Ao longo da sua vida, o Padre Bernard demonstrou determinação e coragem em testemunhar e, finalmente, em morrer por Cristo. Morreu num verdadeiro espírito cristão, tendo perdoado os seus inimigos e perseguidores imediatamente após o ataque. O Padre Bernard foi o primeiro padre a ser assassinado na campanha de violência anticristã em Odisha.

Rezemos juntos: Foi em 2008 que o Padre indiano Bernard Digal foi abatido por radicais anticristãos. Mais um mártir dos começos do século XXI. Senhor, nosso Deus e nosso Pai, dá-nos a graça de sermos misericordiosos como Tu e como os que deram a vida pela fé. Confirma-nos na fé, faz com que nos entusiasmemos pela pessoa de Cristo e estejamos prontos a dar a vida para O testemunharmos. 

Como ajudar: No ano de 2008, o estado de Odisha sofreu um dos mais terríveis surtos de perseguição dos últimos tempos. Mais de 4500 casas cristãs e 250 igrejas foram queimadas e destruídas. Acredita-se que mais de uma centena de pessoas tenham sido assassinadas nos ataques. A Fundação AIS tem ajudado na construção e reconstrução de várias igrejas e outros edifícios importantes em Odisha, incluindo o centro paroquial de Birmitrapur e uma casa de formação missionária. Em 2018, a Fundação AIS ajudou na construção de cerca de 71 igrejas e capelas em toda a Índia.

%d blogueiros gostam disto: