fbpx

12 mar – FORÇA – República Centro-Africana: Padre Albert Toungoumalé-Baba

O Padre Albert Toungoumalé-Baba foi uma das muitas vítimas mortais num ataque à Igreja de Nossa Senhora de Fátima, na capital da REPÚBLICA CENTRO-AFRICANA, Bangui, em 1 de maio de 2018.

A igreja foi atacada por um grupo de homens armados enquanto o Padre Albert celebrava a Missa em honra de São José, juntamente com alguns fiéis católicos. Os agressores lançaram granadas de mão para o meio dos fiéis, matando 16 pessoas, incluindo o próprio Padre Albert, e ferindo cerca de 100.

O Padre Albert Toungoumalé-Baba foi um trabalhador incansável pela paz no seu país e acolheu milhares de refugiados na sua paróquia. Numa mensagem enviada anteriormente à Fundação AIS e aos seus benfeitores, suplicou: “O nosso país é uma terra ferida e necessitada. Por favor, rezem, rezem sem cessar por nós, assim como Jesus nos ensinou. Por favor, rezem todos os dias por nós!”

Rezemos juntos: O P. Albert Toungoumalé-Baba foi morto, juntamente com outras 15 pessoas, num ataque à igreja de Nossa Senhora de Fátima, na República Centro-Africana. Jesus Cristo, Bom Pastor, concede-nos que, como eles, saibamos acolher com caridade os refugiados e fazer o bem possível a quantos a nós recorrem em suas necessidades. Abre-nos os olhos do coração para vermos neles o teu rosto sofredor, que deseja alívio e consolação. 

Como ajudar: A Fundação AIS reagiu de imediato a este ataque, enviando ajuda de emergência às vítimas e sobreviventes da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima. Durante 2019, a Fundação AIS continuou a semear a esperança, apoiando a formação de seminaristas, patrocinando retiros espirituais para cerca de 50 colaboradores pastorais, proporcionando formação contínua para 45 padres e ajudando a criar a estação de rádio diocesana em Bangui, bem como outros projetos, como a reparação do tanque de abastecimento de água do seminário e outros projetos semelhantes.

%d blogueiros gostam disto: