fbpx

11 mar – SERVIÇO – Sudão do Sul: Irmã Veronika Rackova

Veronika Teresia Rackova, Irmã missionária do Espírito Santo, era médica e diretora do Centro Médico de Santa Bakhita, em Yei (SUDÃO DO SUL). Em 16 de maio de 2016 foi detida e alvejada, num bloqueio de estrada montado pelo Exército Popular de Libertação do Sudão (SPLA), o antigo movimento de guerrilha que acabou por tomar o poder após a independência do Sudão do Sul, em 2011. Na altura conduzia uma ambulância, levando uma mulher em fase de gravidez avançada para dar à luz no hospital. Morreu quatro dias depois, em 20 de maio de 2016, devido aos ferimentos.

Com 58 anos e originária da Eslováquia, a Irmã Veronika dedicou a sua vida ao serviço dos mais pobres e necessitados. Tornou-se uma missionária médica para partilhar com os outros o seu amor pela vida. Ela conhecia bem o risco que corria, ao viver e trabalhar no Sudão do Sul, e, como consequência, morreu ao serviço da vida.

Rezemos juntos: A Irmã Veronika Teresia Rackova, missionária da Congregação do Espírito Santo, morreu, em 2016, baleada, no Sul do Sudão. Era médica e vivia prestando assistência aos doentes daquela zona. Jesus crucificado, vem em nosso auxílio e infunde em nós uma fé inabalável, de modo que nos convençamos de que tem sentido morrer para dar vida a outros nossos irmãos. 

Como ajudar: O Sudão do Sul sofreu uma sucessão interminável de guerras. A Igreja do país precisa do nosso apoio, e é por isso que a Fundação AIS está a ajudar com uma série de programas de educação, pastoral, saúde e prevenção da fome – entre eles um projeto orientado pelos Missionários Combonianos na Paróquia da Santa Cruz, em Yirol, na Diocese de Rumbek, no centro do país, a cerca de 320 km da capital, Juba. 

%d blogueiros gostam disto: