fbpx

16 de Janeiro, Festa dos Santos Mártires de Marrocos

No dia 16 de janeiro de 2020, assinalam-se os 800 anos do martírio dos cinco frades franciscanos, cujas relíquias foram recebidas no Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra. Este facto foi decisivo para a conversão do Padre Fernando de Bulhões, cónego regrante em Santa Cruz, que abraçou a Ordem Fransciscana, movido pelo zelo apostólico de substituir os cinco Mártires de Marrocos e mudou o nome para António.

Este facto está na origem de diversas manifestações devocionais em torno dos Santos Mártires de Marrocos, que tiveram várias expressões ao longo do tempo, persistindo até aos dias de hoje.

Festa dos Santos Mártires

A Família Franciscana reuniu-se, às 11:00, na Igreja de Santa Cruz, em Coimbra para celebrar a Eucaristia da Festa dos Santos Mártires de Marrocos.

Depois do almoço a Família Franciscana foi em peregrinação à Igreja de Santo António dos Olivais, com apresentação do Guia do Peregrino e visita à Exposição Itinerário da vida, Feitos e Milagres de Santo António.

Colóquio

Durante todo o dia, com início às 10 horas, decorreu, ainda, na Casa de Infância Doutor Elísio de Moura, antigo Colégio de Santo António da Pedreira, em Coimbra, o colóquio Mártires de Marrocos. Evocação dos 800 Anos do Martírio, assente na convergência de diferentes abordagens ao tema, no âmbito da História, da História da Arte, da Filologia e da Antropologia.

%d bloggers like this: