fbpx

Viagem do Papa à Tailândia e ao Japão

Em 1 minuto, as mais belas imagens da Viagem Apostólica do Papa Francisco à Ásia (19 a 26 de novembro de 2019). Momentos intensos de alegria no abraço à minoria católica na Tailândia e no Japão.

Em Bangcoc, destaque para o encontro com o Patriarca Supremo dos  Budistas no Templo Real de Wat Ratchabophit, onde foi enaltecido o empenho das religiões na promoção da paz e da fraternidade. No Japão, uma visita direcionada à paz e à proteção da vida. Importantes os encontros com os sobreviventes da bomba atómica em Hiroshima e Nagasaki, além daquele com as vítimas dos três desastres de 2011: o terremoto, o tsunami e o acidente nuclear de Fukushima. Fortes as palavras do Papa de que deixamos aqui dois excertos.

Os movimentos migratórios constituem um dos sinais caraterísticos do nosso tempo. Não se pode ignorar a crise migratória mundial. Espero que a comunidade internacional atue com responsabilidade e clarividência, e promova uma migração segura, ordenada e regulamentada. Oxalá cada nação desenvolva mecanismos eficazes para proteger a dignidade e os direitos dos migrantes e refugiados, que enfrentam perigos, incertezas e exploração na sua busca da liberdade e duma vida digna para as suas famílias.

Discurso do Papa Francisco, na Tailândia, 21.11.2019

Este lugar torna-nos mais conscientes do sofrimento e do horror que nós, seres humanos, somos capazes de nos infligir.
Desejo reiterar, com convicção, que o uso da energia atómica para fins de guerra é, hoje mais do que nunca, um crime não só contra o homem e a sua dignidade, mas também contra toda a possibilidade de futuro na nossa casa comum. O uso da energia atómica para fins de guerra é imoral, da mesma forma que é imoral a posse de armas atómicas, como disse há dois anos. Seremos julgados por isso.

Discurso do Papa Francisco, no Memorial da Bomba Atómica, em Nagasáqui, Japão, 26.11.2019
%d blogueiros gostam disto: