fbpx

Coletânia de Estudos Antonianos

Os estudos feitos por portugueses sobre Santo António adquirem importância sobretudo a partir de finais do século XIX com as comemorações do 7º centenário do nascimento (1895), retomados mais tarde aquando das comemorações da sua morte, em 1931, e, finalmente, em 1946, com a proclamação de Santo António Doutor da Igreja.

Em 1909, foi publicada a tradução portuguesa do livro do jesuíta Manuel de Azevedo Vida do Taumaturgo Português – Santo António de Pádua. Em 1931, é editado a Vida de Santo António, do franciscano Aloísio Tomás Gonçalves e, em 1946, o também franciscano Fernando Félix Lopes escreve S. António de Lisboa – Doutor Evangélico.

Na década de 1950, o franciscano Henrique Pinto Rema inicia a publicação de artigos sobre Santo António em várias revistas, no seguimento da preparação da tradução da edição latina dos Sermões de Santo António, de António Maria Locatelli, trabalho a que se dedica durante vários anos e que só será publicado em 3 volumes, no ano de 1970, com o título Santo António de Lisboa. Obras Completas.

Os escritos de Henrique Pinto Rema serão a base para uma nova geração de investigadores que em Portugal se dedicam a Santo António e de onde se destacam, entre outros, Francisco da Gama Caeiro, Maria Cândida Pacheco e Maria de Lurdes Sirgado Ganho.

Com um vasto conjunto de textos que vai publicando durante as décadas seguintes, Henrique Pinto Rema participa e promove as comemorações antonianas de 1982 e de 1995. Em 1987, é o autor da tradução das Obras Completas de Santo António de Lisboa, edição crítica dos sermões de Santo António, publicada, em 1979, em Pádua.

Com uma impressionante quantidade de artigos que continua a escrever, conferências e encontros científicos em que participa, Henrique Pinto Rema veio a afirmar-se como o principal divulgador de Santo António de Lisboa, da importância do seu pensamento e relevância na cultura e na identidade portuguesa.

Ciente da importância destes textos e reflexões, o Centro de Estudos e Investigação de Santo António do Museu de Lisboa − Santo António publicou este mês a Coletânea de Estudos Antonianos. Percorrendo toda a obra de Henrique Pinto Rema, esta coletânea dá a conhecer, através de textos eruditos ou de divulgação generalista, toda a profundidade, riqueza e complexidade do fenómeno antoniano espalhado pelo mundo. Uma obra de referência, quase enciclopédica, que é um extraordinário testemunho de um investigador que tem dedicado toda a sua vida à divulgação do nosso Santo António de Lisboa.

%d bloggers like this: