O Evangelho de Mateus: uma catequese para os nossos dias

Iniciamos um novo ano litúrgico, com o tempo do Advento, conduzidos, neste ano A, pela Catequese do Evangelho de São Mateus. Advento significa “chegada” ou “presença iniciada”. O Advento recorda que o Reino de Deus já está presente no mundo, mas é uma presença apenas iniciada, ainda não completada, por isso essa presença deve ainda crescer e amadurecer.

A cetequese do Evangelho de Mateus tem origem, por volta dos anos 80, na comunidade cristã de Antioquia, naquela época, pertencente à Síria. A catequese de Mateus quer ajudar os irmãos na fé a enfrentar os desafios que provinham tanto do ambiente romano, quanto do ambiente judaico, nos quais estavam inseridos. Havia, também, problemas gerados no interior da comunidade cristã, como era o caso do autoritarismo dos líderes, a marginalização das mulheres, das crianças e dos considerados pecadores, o enfraquecimento da fé, inclusive dos líderes. Os problemas surgiam de todos os lados.

A catequese de Mateus alerta-nos para nossa vocação de estar sempre a caminho, para trilhar todas as veredas e atalhos do mundo, onde se encontra a humanidade carente da Palavra da Salvação, que chegou até nós pela mediação de Jesus de Nazaré. Supõe-se que o discípulo-missionário tenha uma fé adulta, livre das amarras do moralismo dos líderes das igrejas, capaz de enfrentar os desafios da missão, na certeza de ter consigo o mesmo Espírito que acompanhou Jesus de Nazaré. Com ele, será capaz de viver as bem-aventuranças sem se deixar abater. E, com o seu testemunho de vida, nos passos do Mestre, será um sinal do Reino de Deus, que já está acontecendo no meio de nós.

Os rumos tomados pela catequese em nossas Igrejas, ao longo dos séculos, exigem que se volte às fontes da catequese cristã, centrada na formação de discípulos–missionários. A catequese preocupada em preparar a recepção de sacramentos, pela transmissão de dogmas e doutrinas, mostrou-se ineficaz quando se trata de levar por diante a missão inaugurada pelo Mestre de Nazaré.

O Evangelho de Mateus, catequese narrativa para os discípulos do Reino, contém em suas entrelinhas pistas preciosas para a tarefa catequética das comunidades cristãs de todos os tempos. Sua leitura atenta pode servir de inspiração para os catequistas de hoje, que se dispõem a crescer enquanto discípulos-missionários e, nos passos de Jesus de Nazaré, anunciar o Reino de Deus a todas as gentes, até a consumação dos tempos (Mt 28,16-20).


Por acharmos útil para os nosso leitores, deixamos aqui a ligação para o artigo completo de Jaldemir Vitório, S.J., doutor em Teologia Pública pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro –  PUC-Rio, retirado, com a devida vénia do sítio do Instituto Humanitas Unisinos.

Artigo do Pe. Jaldemir Vitório, SJ

Valorizamos a opinião dos nossos leitores...

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: