Não a ti, Cristo, odeio ou menos prezo

Não é fácil inserir a escrita e a personalidade de Fernando Pessoa – uma das escritas mais fecundas que a Europa conheceu no século XX – no quadro de um…

Este conteúdo é reservado aos assinantes com assinatura GRATUITA, AMIGO, PORTUGAL, EUROPA, FORA DA EUROPA e BENFEITOR.
Entrar Faça a sua inscrição
Voltar ao topo