Assembleia Nacional de Animadores

O DNPJ – Departamento Nacional da Pastoral Juvenil é, como já saberás, um organismo ligado à Conferência Episcopal Portuguesa que tem por missão, sumariamente, “fomentar, a nível nacional, o encontro das diversas instituições eclesiais de pastoral da juventude, assegurando entre elas a melhor articulação e coordenação” (Bases para a Pastoral Juvenil, 24). Ou seja: é uma espécie de “equipa de trabalho” a quem os nossos Bispos confiam a tarefa de articular e coordenar algumas iniciativas (de formação, de reflexão, de convívio, de peregrinação, de celebração, etc.) destinadas a todos os jovens católicos portugueses/residentes em Portugal, na interligação das diversas estruturas (Secretariados Diocesanos, Movimentos e Associações Juvenis, Congregações e Institutos Religiosos…) que desempenhem alguma espécie de acção pastoral junto desses jovens.

Ora, este organismo, actualmente dirigido pelo Pe. Filipe Diniz (da Diocese de Coimbra), está especialmente envolvido na “resposta” que, enquanto jovens portugueses, devemos dar aos desafios do último Sínodo. Neste sentido, o DNPJ está a preparar uma “Assembleia Nacional de Animadores Juvenis”, a ter lugar a 23 de fevereiro próximo, em Fátima. Pretende-se, com este encontro, proporcionar um primeiro momento de leitura e reflexão alargada sobre o Documento Final do Sínodo: será, assim, um momento particularmente potenciador da recepção do Sínodo ao nível e junto daqueles a quem é reconhecida especial responsabilidade na sua “aplicação”: todos aqueles e aquelas para quem o que o trabalho pastoral junto dos jovens, seja ao nível dos Secretariados Diocesanos,  dos Movimentos e de outras estruturas eclesiais é especialmente encarado como horizonte da sua contribuição na construção do Reino de Deus prometido, inspirado e inaugurado por Jesus Cristo. Por isso, em fevereiro, M@ve-te com os desafios que esta Assembleia te lançará!

Mensageiro de Santo António
%d bloggers like this: