Verdadeiramente humanos

Jean Vanier, fundador da rede mundial de comunidades L’Arche, é sem dúvida um dos nomes maiores do século XX. A sua proposta humana e espiritual de vida em comunhão com pessoas portadoras de deficiência mental contribuiu para uma mudança de paradigma nas relações de acompanhamento terapêutico, que permanece ainda atual.

Nesta obra, Vanier apresenta uma leitura da vida e da vocação humana à luz da sua experiência pessoal. O autor toca as dimensões que considera vitais no pleno desenvolvimento humano e que vão em contracorrente com as propostas por uma sociedade assente no consumo e na competição: toda a vida humana – e não apenas a marcada por uma deficiência marcante – é percorrida pela fragilidade, pela experiência da solidão, pela necessidade de pertença e comunhão. O caminho de cura constitui uma vocação à qual todos somos chamados – e foi a experiência de L’Arche que iluminou o autor, na sua história, a compreender que ele próprio também tem de percorrer este caminho. Verdadeiramente Humanos representa, assim, como que um testamento vital entregue e confiado por Vanier sobre o essencial a que a nossa vida é chamada, para lá dos recursos económicos ou da formação intelectual que possuímos: a autoridade pessoal da sua biografia marcante abrirá os sentidos do leitor para acolher a sua proposta e o seu convite.

Só podemos encontrar a nossa realização pessoal se trabalharmos todos juntos a fim de edificar uma sociedade em que cada um de nós se afaste das tendências narcisistas e egocêntricas, nas quais estamos encerrados no nosso eu, para uma situação de abertura em relação aos outros; só podemos alcançar a nossa realização pessoal se unirmos os nossos esforços no sentido de lutar por uma maior plenitude da humanidade. É a verdadeira aceitação de si mesmo, e o anseio de viver em verdade, justiça e amor que constitui a base da liberdade.

Valorizamos a opinião dos nossos leitores...

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: