Jesus dulcis memoria

Jesus de doce memória
Que traz verdadeira alegria ao coração;
Mais doce que todo mel e todas as coisas
É a Tua doce presença.

Nada se canta de mais suave,
Nada se ouve de mais alegre,
Nada se imagina mais doce,
Que Jesus, filho de Deus.

Jesus, esperança dos penitentes,
Quão piedoso és aos que te pedem!
Quão bom és para os que te procuram!
Mas o que és então para os que te acham?
Nenhuma língua pode descrever,
Nenhuma letra pode expressar,
Mas só crendo se pode saber,
O que é amar Jesus.

Sê Jesus nossa alegria,
Tu que és nosso prémio futuro.
Sê a nossa glória
Por todos os séculos dos séculos.
Amém

São Bernardo (sec. XII)

Voltar ao topo