A Virgem Maria pode aparecer?

A Virgem Maria morreu ou não? Poderá “aparecer”? Como discernir se uma aparição é autêntica? Estão são as três grandes interrogações que norteiam a reflexão de Ariel Álvarez Valdés, presbítero e biblista argentino, já conhecido entre nós através da publicação de obras de formação bíblica.

Desde o século III que há registo do fenómeno de manifestações marianas, mas oficialmente a Igreja aprovou apenas doze. Isto significa que a devoção tem aprovação, mas a Igreja «não garante de um modo infalível que as experiências que lhe deram origem tenham sido autênticas». No entanto, rezar a Maria no local da aparição com o nome e caraterísticas próprias não contradiz a revelação bíblica. Este é o ponto fulcral na avaliação da autenticidade de uma aparição mariana. As mensagens das aparições, com a linguagem própria de cada época e cultura e carregadas, muitas vezes, com os «traumas, rancores, medos e ressentimentos inconscientes do suposto vidente», têm apenas valor privado. Por isso mesmo, as manifestações marianas «têm como finalidade, antes de mais, a santificação do vidente». Compreende-se, então, que as revelações privadas respondam muitas vezes às necessidades espirituais dos videntes e não necessariamente do povo de Deus. A fonte espiritual deverá ser sempre a Bíblia e a Boa Notícia aí revelada. O autor adverte que as mensagens atribuídas a Maria anunciam quase sempre catástrofes e desgraças, que são pessimistas, tristes, amargas, sombrias. Não é a mesma Virgem Maria a quem ouvimos cantar o Magnificat!

Ariel Valdés procura clarificar de forma simples, mas rigorosa, estas questões através do recurso à Bíblia, a documentos papais e à tradição cristã. Termina com a mensagem que percorre todo o livro: «os cristãos faziam bem melhor em tratar conhecer mais a Bíblia, lê-la e meditá-la frequentemente, pois ela é, juntamente com a tradição e o magistério, o único meio obrigatório para conhecer o projeto que Deus tem para a humanidade».

Obra: A Virgem Maria pode aparecer?
Autor: Ariel Álvarez Valdés
Editor: Difusora Bíblica
Páginas: 70

Valorizamos a opinião dos nossos leitores...

%d bloggers like this: