2018 Ano Europeu do Património Cultural

Abadia de Cluny

O que resta da Abadia de Cluny
O que resta da Abadia de Cluny

Começo por Cluny, mosteiro fundado em 909, com base na regra beneditina, mas
 absolutamente independente de toda a autoridade exterior, laica ou eclesiástica.
Valores como o silêncio, a esmola, a hospitalidade e a qualidade da Liturgia eram o seu maior cuidado. Uma linhagem de grandes Abades fez dele o “centro real e a capital espiritual da Europa”.
Mas logo no século XIII entrou em decadência… E na revolução francesa, destruído e saqueado, não ficou “pedra sobre pedra”. Só não houve tempo para abater duas torres…

Valorizamos a opinião dos nossos leitores...

%d bloggers like this: