Ver a Deus

Senhor Padre, costumo ler o Mensageiro e de modo geral gosto muito da revista.
Uma das coisas de que se fala muito é que Deus é Amor, que Deus ama cada um de nós, que Deus nunca nos abandona…
Mas eu queria perguntar: Deus ama mesmo? Porque é que Ele desaparece quando mais precisamos? Porque deixa que algumas coisas nos aconteçam?
Obrigado. João

Caro leitor, existem momentos na vida em que temos dificuldade em acreditar que Deus esteja mesmo connosco. Se acreditamos que Ele nos ama e é Omnipotente, como nos deixa passar por determinadas situações? É uma pergunta que todos fazemos nalgum momento da nossa vida.

Nos momentos difíceis, somos desafiados a confiar, Ele está lá, mesmo quando aparentemente não se manifesta.
A nossa Fé ajuda-nos a perseverar, porque a nossa Esperança está fundada nas promessas do Senhor, que superam em muito aquilo que podemos ver ou experimentar. Acreditamos que Deus é Amor e no nosso dia a dia podemos receber e dar gestos de amor que nos ajudam a fazer a experiência de Deus.

Temos de aprender a ler a nossa história e a descobrir Deus presente nela. Deus nunca está ausente da nossa vida! O problema é que nós queríamos tanto vê-Lo da forma que nós esperávamos! Muitas vezes não O vemos, porque não nos aparece como nós estávamos à espera, não nos dá a resposta que queríamos (e será que era a melhor?) e não estamos atentos às surpresas de Deus. Por vezes falta o silêncio aberto à escuta.

A vida é uma arte onde devemos aprender a ler a nossa história com um olhar e um coração transparentes. Nos caminhos tortuosos da nossa vida, Ele continua a escrever certo e a escrever uma história.
Por vezes, temos de nos educar na capacidade de O ver e de O perceber sempre presente.

Voltar ao topo